Jundiaí e Várzea Paulista se unem em ação contra o mosquito da dengue

As prefeituras de Jundiaí e Várzea Paulista realizaram juntas, neste sábado (30), uma ação de prevenção e combate à dengue em bairros que fazem divisa entre os municípios. A atividade, chamada ‘Prevenção sem Fronteiras’, contou com visitas às casas, orientação da população e entrega de panfletos informativos.

Entre os bairros visitados, estão Vila Cristo e Ivoturucaia, de Jundiaí; e Vila Real e Vila Santa Terezinha, de Várzea. O secretário de Saúde, Tiago Texera, destacou que a escolha dessas áreas se deu por conta da concentração de casos. “10% dos nossos casos confirmados estão nessas áreas. Por isso, esse trabalho integrado e articulado é de extrema importância. O mosquito da dengue não conhece fronteiras. Somos municípios irmãos e precisamos trabalhar juntos.”

Segundo a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Fauzia Abou Abbas Raíza, Jundiaí registrou 284 casos de dengue neste ano, todos autóctones, ou seja, contraídos na cidade. “Nossa ideia com essa ação foi chamar a atenção da população para os riscos da doença e todos os cuidados de prevenção.”

A diretora da Vigilância em Saúde de Várzea Paulista, Adriana da Silveira Camargo, destacou que no município são 333 casos autóctones e outros 5 importados.

Ao longo da ação, bairros que fazem fronteira foram visitados

O trabalho foi aprovado pela população. “Infelizmente muita gente não cuida do quintal e toda a vizinhança sofre”, destacou Ana Maria Tessari de Oliveira, que foi parabenizada pela equipe da Unidade de Vigilância em Saúde Ambiental (Visam). Assim como ela, João Batista de Oliveira Filho também elogiou. “Temos que ter cuidado, pois a dengue é coisa séria. Deixar o quintal em ordem é nossa obrigação.”