Motorista que dirigia embriagado e matou criança e bebê é denunciado pelo MP

 

Oito pessoas, entre elas cinco crianças, foram atingidas por um motorista que invadiu um ponto de ônibus no dia 9 de setembro, em Campo Limpo Paulista (SP). Um bebê e menino de 8 anos morreram.

O Ministério Público denunciou por embriaguez ao volante, disputa de racha e homicídios triplamente qualificados o motorista que matou uma criança de oito anos e um bebê de 11 meses após invadir um ponto de ônibus no dia 9 de setembro, em Campo Limpo Paulista (SP).

Ao todo, oito pessoas foram atropeladas na época, entre elas cinco crianças. O local onde ocorreu o acidente costuma ser usado como ponto de ônibus na Estrada da Bragantina, no bairro Estância São Paulo. O bebê e um menino de oito anos foram socorridos, mas não resistiram aos ferimentos.

De acordo com o MP, a denúncia foi protocolada no dia 6 de outubro e ainda não foi apreciada pelo juiz Marcel Nai Kai Lee. O motorista continua preso à disposição da Justiça.

O motorista, Rogério Giugni, de 39 anos, foi denunciado pelos crimes de embriaguez ao volante, participação de corrida, disputa ou competição automobilística não autorizada pela autoridade competente gerando situação de risco à incolumidade pública ou privada.

Além disso, ele foi denunciado por dois homicídios consumados triplamente qualificados e seis tentativas de homicídios triplamente qualificados, sendo por motivo fútil, perigo comum e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas.

 

Atropelamento

Na época do crime, a Polícia Civil informou que Rogério confessou que havia ingerido bebida alcoólica e estava com sinais de embriaguez no momento do acidente.

Após o acidente, o condutor do carro ficou ferido e foi levado para um hospital. Ele foi autuado no local por homicídio doloso.

Lorenzo Daniel foi enterrado no Cemitério Bosque da Saudade, em Campo Limpo Paulista, na sexta-feira (10). Já o corpo do menino de oito anos, Brayan Henrique Santos Andrade, foi sepultado no Cemitério Memorial Parque da Paz, em Jundiaí (SP).

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *